O Velhote do Penedo

O Velhote do Penedo
O Velho Professor do Penedo em plena labuta! Vida difícil, esta!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Uma grande tramoia!


Eu não tenho dúvidas.

Houve uma flagrante armação contra o presidente Temer. Resta saber: nomes dos atores envolvidos na trampa, o que pretendiam ganhar, seus objetivos, o que farão a seguir.

De início, é bem possível que a Rede Globo tenha desempenhado papel essencial na tramoia, pois divulgou, durante um dia inteiro a “notícia” de que Temer teria acertado com Joesley um esquema de pagamento mensal ao Eduardo Cunha com vistas a “comprar” o seu silêncio. A divulgação foi maciça – e só no fim da tarde de ontem (18/maio) pôs no ar a gravação da conversa entre Temer e Joesley. Uma gravação confusa, inaudível em alguns trechos, mas da qual os comentaristas da emissora “tiravam” conclusões e transmitiam aos ouvintes, que, por sua vez, postavam em redes sociais. Estava montado o turbilhão.

Um detalhe, porém, ficou claro. O comentário de Temer – “Mantenha isso” – que, segundo a Rede Globo, teria sido feito, segundo os comentaristas da Rede Globo, após a informação (de Joesley) de que estava pagando mesada para Eduardo Cunha. Ocorre, porém, que o comentário de Temer seguiu-se, na verdade, à outra frase do delator: “Eu estou com bom relacionamento com Cunha”.

Ou seja, Temer, segundo a gravação, disse apenas que ele (Joesley) devia manter um bom relacionamento com Eduardo Cunha. Só. Temer é um sujeito muito formal e educado – jamais diria algo agressivo naquela oportunidade.

Agora, outro detalhe: as notícias sobre o diálogo entre Temer e Joesley explodiram no dia 18, produzindo um furacão na bolsa – títulos desabaram e o dólar teve a sua maior alta nos últimos 20 anos. Ocorre que, na véspera, quando o país estava em calma, a JBS comprou milhões de dólares! E os deve ter vendido no dia seguinte! (Quem vai investigar?)

Ou seja, a JBS comprou dólares na baixa (dia 17) – e ganhou uma grana preta no dia seguinte  quando o dólar explodiu. E o dólar explodiu quando foi divulgado com estardalhaço, pela Rede Globo, o diálogo deturpado (talvez editado) entre Temer e Joesley. O dono da JBS possivelmente sabia que a divulgação do seu diálogo com Temer seria no dia 18/05, tanto que comprou os dólares na véspera. A trampa é visível – só não vê quem não quer.

Há outros aspectos nebulosos no episódio. Joesley (e o irmão) está sendo investigado? Por que não teve o seu passaporte retido, como todos que estão sendo investigados? Joesley está nos Estados Unidos – longe da lambança que produziu.

A informação da compra de dólares pela JBS, o Velhote leu no Blog do Noblat e no Blog Leandro Narloch.

Trecho do Blog do Noblat (leiam com atenção):

“O mercado financeiro estava morno ontem (17/05), com avaliações positivas sobre a aprovação das reformas. Mas, no fechamento, viu-se que a JBS comprou dólares em grandes quantidades. Agora (18/05) se sabe a razão”.

Ficam, portanto, algumas perguntas: apenas a JBS comprou no dia 17 dólares em grandes quantidades? E a Rede Globo, comprou? Se não comprou, por que não noticiou o fato? E os comentaristas, sabiam previamente de tudo? Por que Joesley está solto, instalado em Nova York? A delação premiada dele envolvia sua soltura?

Mas a pergunta essencial é a seguinte: o que se pretendia com tudo isso? Tumultuar a Lava Jato? Inviabilizar as reformas? Criar o caos?

Bem, as perguntas são várias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário