Por do sol em Penedo

Por do sol em Penedo

segunda-feira, 13 de abril de 2015

VEM MAIS AÍ, NÃO SE PREOCUPEM


AS MANIFESTAÇÕES DO DIA 12 DE ABRIL

As manifestações de domingo tiveram menos gente que as de 15 de março. Nada demais nisso. Como todos sabem – e se não sabem, deveriam saber ou aprender – manifestações públicas sofrem oscilações dessa ordem. Chama-se a isto de fadiga.

O importante é que a pesquisa divulgada no dia 11, sábado, confirmou os números da pesquisa anterior: mais de 60% rejeitam “tia” Dilma e só pouco mais de 10% a aprovam. Dado interessante é que quase 70% querem a saída de Dilma da presidência. A situação continua péssima para a presidente, que hoje está sendo tutelada politicamente pelo trio Renan-Campos-Temer e economicamente pelo tucano Levy. Eu disse tucano? Desculpem o ato falho.
Dilma perdeu as condições políticas de governar. No Congresso, ela tem que fazer aprovar as medidas do ajuste fiscal, mas os parlamentares prometem mexer em muitos pontos. Não vai ser fácil. Enquanto isso, a inflação tende a subir, o desemprego cresce, focos (enormes) de corrupção são descobertos pela Polícia Federal: o último envolve a Caixa Econômica e o Ministério da Saúde.
Dilma tenta capitalizar as ações da Polícia Federal, mas esta não age por sua ordem nem por decisão do ministro da Justiça. A Polícia Federal é órgão de Estado e, não, de governo. Dilma e Lula tudo fizeram para barrar ou, pelo menos, controlar as investigações da Polícia Federal. Não conseguiram. 
Vamos aguardar outras manifestações e outras pesquisas. De qualquer forma, a situação de Dilma continua péssima. E, aparentemente, não vai mudar.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário